<body ><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d9613165\x26blogName\x3dDynaHolanda\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dynaholanda.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dynaholanda.blogspot.com/\x26vt\x3d-7226695563917687303', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
 


O Casal:

Photobucket

em portugues:

Carioca do Rio de Janeiro,casada com o holandes Peter,de Amsterdam.
Nos nos casamos no Rio, em abril de 2003 e chegamos a Holanda em dezembro de 2003.
Conheci o Peter em janeiro de 2001. Ele foi ao Brasil, de ferias. Naquela epoca, eu morava em Sao Paulo - pois estava terminando o meu curso de Direito.
Hoje ja estamos mais adaptados a toda essa mudanca. Ainda falta muita coisa. Leva tempo. Mas valeu pena. Estamos felizes.
Ja passamos muita coisa. Ja conseguimos falar um pouco o holandes. Os meninos ja falam tudo. Entendo bastante. Por que nao dizer muito? Falo menos que isso (rs...). Peter ja entende mais portugues do que diz saber. Desistir? Nunca. Vamos ate o fim em tudo. E enquanto prosseguimos, voce aproveita e compartilha com a gente da nossa historia e nossas fotos!!


in English:

Naldy, Brazilian, from Rio de Janeiro, married to the Dutch Peter, from Amsterdam.
We married in Rio on April 2003 and started living together in Holland in December, 2003.
I met Peter in january, 2001.In Brazil. He was on vacation. At that time I was living in Sao Paulo because I was finishing my studies to become a lawyer.
Now we are more used to our new life here. Off course there are so many things to know, to learn. It takes time. But it is worth it.
We are happy.
We have experienced a lot. I can speak some Dutch. The kids can speak Dutch already. I could say a lot. I talk less than this. (lol). Peter understands more Portuguese than he tells us! Give up? Never. We will go on until the end. And while we are here, why don t you enjoy sharing our story and our pictures?

Eu amo :
Musica-especialmente bossa nova- e a que toca aqui e PASSEAR do Helio Zaggaglia e eu canto!, gosto de dormir, amigos, cinema, filmes, shopping!!
Mas amo de paixao meus filhotes, o meu amor, minha familia e JESUS.


Eu odeio:
Inveja, ciume, falsidade, calor de 40 graus, frio com aquela chuva fininha
que nao dah pra usar sombrinha, suco de abacaxi.


Minhas Dicas:

Aulas de Holandes


Flog dos Nossos Filhos:

Fotolog do Filipe

Fotolog do Lucas
Orkut dos Nossos Filhos:

Orkut do Filipe

Orkut do Lucas

Sites interessantes:

BRASILEIROS NA HOLANDA
Mundo Pequeno
Dutch language links
Google - BUSCA
Expatica.com
Dutchnews.nl
IND - Imigracao
Traducoes
Traducoes Altavista
Empregos para quem nao fala holandes
Undutchables, empregos
Jornal O Globo
Tudo sobre a Holanda
Cidade de Eindhoven
Cidade Maravilhosa - Rio!
IBC-Eindhoven
PASTOR CORY HOMEPAGE
English Churches in Holland
E-Kerk - Igrejas na Holanda
Aglow International Eindhoven
English Speaking Aglow in Europe
Igreja Presbiteriana da Tijuca
IECT-Igreja Congregacional Tijuca

Dicas para vir para Holanda:


Blogo aqui também:


Familia Virtual:


Image hosting by Photobucket


Eindhoven:


The WeatherPixie

Rio de Janeiro:

The WeatherPixie



Quer me linkar no seu blog?

Pega meu selo:

Photobucket

Desenho do selo por Patibee!

Volte Sempre!


 Thursday, April 17, 2008                

Analfabetismo no Brasil

Photobucket

Fui convidada a participar da blogagem coletiva sobre Analfabetismo no Brasil através do blog da Meire.
Poderiamos falar sobre o Analfabetismo no mundo mas teríamos que escrever um livro,
eu acho.
Fui consultar a internet e no web site WIKIPEDIA tem muita informação.
Vou colocar aqui algumas linhas sobre o que eu encontrei e você pode ler mais
clicando no link.
Mas achei interessante que, ao clicar no assunto, o site primeiro trata de
Alfabetização. Achei que tivesse digitado errado, mas vi que era preciso antes de
mais nada compreender o que significa ser alfabetizado. Assim, podemos escrever
sobre analfabetismo.
Coloco aqui algumas linhas.
Escrevo hoje pois sei que amanhã será IMPOSSÍVEL postar.
Tenho reuniões o dia todo.
Mas não poderia ficar calada.


"A alfabetização consiste no aprendizado do alfabeto e de sua utilização como código
de comunicação. De um modo mais abrangente, a alfabetização é definida como um
processo no qual o indivíduo constrói a gramática e em suas variações. Esse processo
não se resume apenas na aquisição dessas habilidades mecânicas (codificação e
decodificação) do acto de ler, mas na capacidade de interpretar, compreender,
criticar, resignificar e produzir conhecimento. A alfabetização envolve também o
desenvolvimento de novas formas de compreensão e uso da linguagem de uma maneira
geral. A alfabetização de um indivíduo promove sua socialização, já que possibilita
o estabelecimento de novos tipos de trocas simbólicas com outros indivíduos, acesso
a bens culturais e a facilidades oferecidas pelas instituições sociais. A
alfabetização é um fator propulsor do exercício consciente da cidadania e do
desenvolvimento da sociedade como um todo".
Para continuar lendo mais sobre alfabetização, clique AQUI.

"Analfabetismo, como o próprio nome indica, é o desconhecimento do alfabeto, ou seja, a incapacidade de ler e escrever. Segundo a Unesco: 'uma pessoa funcionalmente analfabeta é aquela que não pode participar de todas as atividades nas quais a alfabetização é requerida para uma atuação eficaz em seu grupo e comunidade, e que lhe permitem, também, continuar usando a leitura, a escrita e o cálculo a serviço de seu próprio desenvolvimento e do desenvolvimento de sua comunidade'."
Para fins estatísticos, analfabeta é a pessoa acima de 15 anos que não sabe ler e escrever pelo menos um bilhete simples. O analfabetismo é um grave problema na maioria dos paises subdesenvolvidos, comprometendo o exercício pleno da cidadania e o desenvolvimento sócio-econômico do país. (grifo meu)
Para continuar lendo mais sobre analfabetismo, clique AQUI

***************************************************************

Dados Estatísticos do Analfabetismo no Brasil – IBGE

Censo 2000----------------------------------Censo 2007
População
15 anos ou mais 121.345.463---------------------------------129.533.148
População
Alfabetizada 106.238.159---------------------------------119.738.159
População
Analfabeta 14.694.889-----------------------------------9.794.889

Taxa de analfabetismo 10.83%----------------------------------------5.47%
*******************************************************

7 Anos e a taxa baixou. Vitória? Sim, eu acho que sim, mas...
É suficiente para comemorarmos? Não acredito.
Por que eu digo isso? Porque para que possamos ultrapassar este estigma de 'país em desenvolvimento' para 'país desenvolvido' não temos apenas que ter um povo 'alfabetizado' mas sim um povo com pleno entendimento daquilo que lhe é dito, informado e além de entender, poder também interpretar o significado da informação que lhe é passada. Um povo capaz de julgar uma informação sem depender apenas do que o 'jornal das 8' mostra.

E agora José?
Como ajudar neste processo?
Eu sou professora. Apesar de trabalhar em uma empresa eu também dou aulas a holandeses. Eles já não são analfabetos e conseguem já se comunicar em nosso idioma. Fiquei feliz desta última vez em que pudemos falar sobre a Dengue.
Consegui faze-los pensar sobre os motivos pelos quais a doença se espalhou pelo nosso país.

Acredito que é possível acabar com o analfabetismo em nosso país.
Outros países conseguiram.
Basta ter vontade. Vontade política!
Sem medo de levar o povo à plena conscientização do poder que existe no voto e no motivo pelo qual cada um de nós precisa ir às urnas e assim tentarmos fazer do Brasil um país melhor.
Porque, aqui, longe do Brasil- geograficamente- mas pertinho dele no meu pensamento- vejo como o Brasil é maravilhoso.
Gente, Vamos lutar. Vale à pena.
E como eu sempre digo: DESISTIR? NUNCA!

3 Comments:

Blogger Georgia said...

Naldy, super esclarecedora a definicao da palavra "alfabetizada".
Infelizmente, nao podemos mesmo nos conformar com o quadro que se apresenta no Brasil. É triste sabermos que todo aquele acima dos 15 anos que nao conseguiu até lá, o que nao foi à escola porque teve que ajudar em casa, se enquadra nessa estatística.

Valeu mesmo, sua participacao. Se der no final de semana visite os outros blogs linkados lá na Saia e leia também o que as outras pessoas estao pensando sobre o assunto em pauta.

Bom fim de semana

Grande beijo e obrigada

11:23 AM  
Blogger Adri /Dri /Drika said...

Boa Tarde, estou visitando os blogs que estão confirmados na blogagem contra o analfabetismo... Parabéns pelo seu post e por abraçar a causa...Bju ;)

8:24 AM  
Blogger Helen Brites said...

Inacreditavel...
Quero saber quando os nossos governadores vão pensar no nosso futuro.

PS.: aqui é a Helen
lembra de mim?XD
=***

4:30 PM  

Post a Comment

<< Home

 
 

Patiplates Exclusivas + Alle Rechte vorbehalten + Todos os Direitos reservados + Dy na Holanda Blog